Disfagia

É a alteração ou dificuldade para realizar o processo de deglutição de maneira segura e eficaz. A disfagia é um sintoma e pode ser colateral a diversas patologias. Pode manifestar-se por alterações estruturais (disfagia estrutural), geralmente colateral a tumores (tumores de cabeça, pescoço e esôfago) ou por alteração da função da deglutição (disfagia neurogênica), causada por patologias neurológicas (Alzheimer, Esclerose Lateral Amiotrófica, derrame, mal de Parkinson, etc.). A dificuldade para engolir pode aparecer com alimentos de diferentes texturas; em geral, a disfagia a líquidos nos leva a uma causa neurológica e a disfagia para alimentos sólidos costuma indicar um problema estrutural. É muito importante fazer uma avaliação adequada desse sintoma, porque não deglutir de forma segura pode ter consequências como infecções respiratórias, aspiração de alimentos, ou, em alguns casos, até mesmo a desidratação e desnutrição.

Existem diversos testes para avaliar a disfagia, o teste mais amplamente utilizado é o de volume-viscosidade (MECV-V), e testes como a videofluoroscopia, para avaliar em que fase da deglutição ocorrem problemas. Uma vez confirmada a existência de disfagia é preciso avaliar qual textura é a apropriada para o paciente, com a qual uma deglutição segura é alcançada.

Numa primeira fase, a administração de espessantes como Bi1, pode ser suficiente para aumentar a consistência de alimentos líquidos e prevenir episódios de aspiração.

Se a disfagia é acentuada, pode dificultar a ingestão e impedir que o paciente mantenha um bom estado nutricional. Geralmente, este sintoma vai se agravando nas patologias neurológicas e a desnutrição, por sua vez, piora o prognóstico da doença. Nestes casos, deve-se avaliar a possibilidade de suplementos nutricionais, de acordo com a patologia de base: hipercalórico normoproteico (Bi1 plus) ou hipercalórico hiperproteico (Bi1 HP/HC) ou normocalórico normoproteico com fibra (Bi1 fibra), pois as patologias neurológicas frequentemente costumam estar acompanhadas de constipação. Pode ser adicionado espessante a estes suplementos para alcançar uma textura que permita uma deglutição segura e eficaz.

"De acordo com o art. 15 da Lei de Garantias e Uso Racional de medicamentos e produtos de saúde, esta informação destina-se aos profissionais de saúde que atuem na Espanha e estão sujeitas à legislação espanhola".
"A ADVENTIA não se responsabiliza pelo uso ilegal, impróprio ou pela manipulação dos conteúdos e informações desta página. Tanto o acesso quanto o uso das informações e conteúdos deste portal serão de responsabilidade exclusiva de quem os fizer".