Em 5 de novembro, um dia de treinamento sobre 'novos desafios em cirurgia bariátrica' foi realizado no Museu de Ciência e Tecnologia Elder (Las Palmas de Gran Canaria), com a participação de cerca de 50 profissionais de saúde e a intervenção de grandes palestrantes do setor; Dr. Miguel Ángel Rubio Herrera, Chefe da Seção de Endocrinologia e Nutrição do Hospital Clínico San Carlos, Lluís Serra Majem, Professor de Medicina Preventiva e Saúde Pública da Universidade de Las Palmas de Gran Canaria, e Dra. María Assunção Acosta Mérida, Coordenadora da Unidade de Cirurgia Esofagogástrica, Endocrinometabólica e Obesidade do Hospital Universitário de Gran Canaria Dr. Negrín (HUGCDN).

Os principais objetivos do dia foram estruturados em conhecer mais sobre a obesidade mórbida e seus fatores associados, destacando seu aumento na população das Canárias e a importância de tratar o problema desde a raiz com conscientização e informação para a população, bem como a necessidade de treinamento nutricional em escolas e institutos.

Além disso, foram explicados os diferentes tipos de cirurgia bariátrica existentes hoje, explicando as vantagens e desvantagens de cada uma, destacando a importância da abordagem nutricional no paciente pré e pós-cirúrgico e detalhando como essa abordagem deveria ser e quais os requisitos devem atender.

Concluindo, o motivo do dia que contou com endócrinos, cirurgiões, nutricionistas e enfermeiros foi conversar sobre os novos desafios da cirurgia bariátrica e a abordagem nutricional e aproveitar esse fórum para apresentar o Bi1 Bificare, desenvolvido e especialmente projetado para pacientes cirúrgicos que precisam de restrição energética e também alta ingestão de proteínas. Atendendo também a todos os requisitos citados pelo Dr. Miguel Ángel Rubio para esse perfil de pacientes e tendo como novidade a única dieta com probióticos, azeite virgem, leucina adicional e ácidos graxos ômega 3 (EPA e DHA).